Sinais de estresse? Você precisa conhecer os passeios da serra Gaúcha e descansar a mente e o corpo

Tem se sentindo cansado, cheio de tarefas pra fazer e só querendo fugir um pouco da rotina pra descansar o corpo e, principalmente, a mente? Então esse artigo é pra ti! Reconheça quais são os sinais de que tu está passando por um momento de estresse e descubra passeios da serra Gaúcha pra relaxar. 

Como reconhecer os sinais de estresse

Acredite se quiser, o estresse não necessariamente é algo ruim pra saúde humana. Em “menores doses” ele é um sentimento natural e instintivo do corpo pra garantir a defesa do organismo em situações de perigo e se proteger, garantindo nossa adaptação frente a novos desafios. 

O problema está quando esse mecanismo não se “desliga”, despertando sintomas mentais e até mesmo físicos. O estresse está diretamente ligado ao aumento dos níveis de cortisol na corrente sanguínea, algo comum e natural, como comentamos, mas em altos níveis ele pode ocasionar ansiedade, depressão, tensão muscular, alergias e muitos outros sintomas. 

O estresse hoje é conhecido como a Doença do Século XXI, com cerca de 90% da população sofrendo com a doença, segundo dados da Organização Mundial da Saúde (OMS). No Brasil, os dados são tão preocupantes quanto, sendo o 2º país do mundo com o maior nível de estresse, de acordo com um levantamento realizado pela Associação Internacional do Controle do Estresse (ISMA), sendo também o país com a maior taxa de pessoas com ansiedade e o 5º no ranking de pessoas com depressão.    

Os dados também são preocupantes quando o assunto é a síndrome de burnout, relacionada ao alto nível de estresse associado ao trabalho. De acordo com uma pesquisa realizada pela Talenses, 49% dos trabalhadores brasileiros já tiveram crises de ansiedade e 44% apontaram já ter sofrido com o esgotamento mental devido ao trabalho. Durante a pandemia, esses dados ficaram ainda mais preocupantes. Uma pesquisa disponibilizada pelo G1 relata que 79% dos médicos apresentam sintomas relacionados ao burnout, seguidos de 74% dos enfermeiros e 64% dos técnicos de enfermagem, mas, acredite, não são apenas os profissionais da saúde que estão passando por essa situação. 

Clica aqui pra conferir nosso e-book explicando porque profissionais com muito trabalho têm buscado o equilíbrio em um hotel fazenda no Rio Grande do Sul. 

Sintomas do estresse

As causas de estresse podem variar de pessoa pra pessoa, mas os sintomas são geralmente muito semelhantes. Veja alguns deles. 

Sintomas físicos:

  • Dores de cabeça, estômago e/ou no peito;
  • Desequilíbrio da flora intestinal;
  • Baixa imunidade;
  • Alergias e demais problemas dermatológicos;
  • Náuseas e tonturas;
  • Tensão muscular;
  • Dificuldade pra dormir;
  • Queda de cabelo.

Sintomas mentais 

  • Dificuldade de memória e de concentração;
  • Visão negativa e pessimista das situações;
  • Pensamento acelerado.

Sintomas emocionais

  • Instabilidade de humor;
  • Agitação constante;
  • Sentimento de sobrecarga, solidão e isolamento.

Esses são apenas alguns dos sinais que tu pode apresentar em casos de estresse extremo. Se tu se identificou, é fundamental descobrir as causas do estresse e tentar resolvê-las. 

Você está estressado?

Reconheceu que está com alguns desses sintomas, mas ainda não tem certeza se o seu estresse está atingindo um nível preocupante? Então faça o teste e descubra! 

Esse questionário foi baseado em um teste realizado pelo G1, com o auxílio do psiquiatra Geraldo José Ballone. Lembrando que ele não se trata de um diagnóstico, ok tchê? Se o resultado (e os sintomas) indicarem que tu está passando por um momento de estresse elevado, procure um especialista. 

Marque 1 ponto a cada afirmação que fizer sentido com a sua realidade. Tu pode assinalar mais de uma opção. 

  1. Quais dos sintomas emocionais citados tu sente?
  • Ansiedade e nervosismo
  • Irritabilidade e/ou desânimo
  • Desinteresse e/ou perda de prazer
  • Insônia e/ou inquietação
  1. Em relação aos sintomas de tensão em geral, quais deles tu sente?
  • Tensão muscular
  • Mandíbula contraída
  • Dores de cabeça
  • Ranger de dentes durante a noite
  1. Tu tem algum dos seguintes tiques ou manias?
  • Roer as unhas
  • Morder lábios, língua, dedos, etc.
  • Arrancar cabelos e/ou pelos num geral
  • Autoescoriações (coçar ou espremer exageradamente a pele)
  1. Em relação a sintomas emocionais intensos, com quais dos seguintes tu se identifica?
  • Falta de concentração e/ou dificuldade de aprendizado
  • Crises de choro
  • Cansaço e fadiga
  • Aumento no consumo de álcool e tabaco

Quanto mais pontos marcados, maior o nível de estresse que tu tem vivenciado neste momento. Então, chegou a hora de pisar no freio e tirar uns dias pra descansar. 

3 lugares que tu precisa conhecer na serra Gaúcha

Pra isso nós temos a solução perfeita, passeios na serra Gaúcha que te permitirão conhecer mais sobre a história do Rio Grande do Sul e ainda passar um tempo em contato com a natureza. Dá uma olhada!

1 – Templo Budista – Três Coroas (e Gramado!)

Nada melhor pra respirar fundo e se conectar consigo mesmo do que um templo budista, né vivente? O Chagdud Gonpa Khadro Ling fica no município de Três Coroas, a cerca de 49km do Estribo, e é a sede sul-americana de uma rede de Centros de Budismo Tibetano Vajraiana, fundada em 1995.

A entrada pra visitação não é permitida a pé por motivos de segurança. Então, as visitas podem ser feitas em carros de passeio, de forma gratuita e sem necessidade de pré agendamento. Ou então em grupos, de vans, micro-ônibus e ônibus, que, independentemente do número de pessoas, pagarão uma taxa de R$ 100,00 e deverão realizar um agendamento. 

O templo fica pertinho de Gramado, cerca de 20 km. Fácil de acessar, você pode conhecer uma das cidades mais bonitas do Brasil. Gramado é um refúgio que vale a pena visitar – pra comer chocolate, tirar foto da neve (às vezes tem mesmo, viu?), passear pela rua coberta, entre outras atividades. 

2 – Caminhos de Pedra – Bento Gonçalves

Outro canto especial que tu pode conhecer pra fazer uma pausa e desestressar são os Caminhos de Pedra. Um trajeto com cerca de 12 km de extensão em Bento Gonçalves que oferece cultura e gastronomia em vários pontos de visitação e observação. Um verdadeiro convite pra conhecer os costumes dos imigrantes italianos. O roteiro, a pouco mais de 2h do Estribo, foi inclusive reconhecido como Patrimônio Histórico do Rio Grande do Sul em 2009, pela lei Estadual nº 13.177, por concentrar o maior acervo arquitetônico da imigração italiana em meio rural do país.

3 – Cascata do Parque do Salto Ventoso – Farroupilha 

E já que tu vai estar pelas bandas de Bento Gonçalves, vale a pena dar um pulo no interior de Farroupilha pra conhecer outro incrível passeio da serra Gaúcha: a Cascata do Parque do Salto Ventoso. Com uma queda d’água de 56 metros de altura sobre uma gruta, a cascata já serviu como cenário de novelas e filmes. Um verdadeiro paraíso natural. 

Mas, além dela, o parque também conta com trilhas, um passeio nas ruínas da residência Aguiar (construída nos anos 1950), mirantes, uma passarela que dá acesso a parte de trás da queda d’água e muito mais. 

Vem descansar das férias no Estribo

Depois de conhecer tantos lugares incríveis, tu pode dar uma esticada até o Estribo Hotel Estância pra descansar mais um pouco e voltar renovado das férias. Por aqui temos um pedaço de chão rodeado de natureza e repleto de atividades pra relaxar. 

Algumas de nossas sugestões são a falcoaria, as trilhas auto guiadas, o passeio de trator e a pesca na sanga. Também oferecemos uma visita ao Centro de Treinamento Guto Freire, shows de músicas tradicionalistas, uma celebração ao pôr do sol todos os finais de tarde, além do tradicional costelão assado no fogo de chão. 

Quer saber mais sobre a experiência de passar uns dias pra relaxar aqui no Estribo? Então confere esse e-book com um baita relato do início ao fim da hospedagem e faz tua reserva!

 Dicionário gauchês

Tchê – associada geralmente à exclamação ou espanto, assim como forma de se referir a alguém

Vivente – sinônimo de pessoa

Sanga – curso d’água 

Bandas – uma forma de dizer lugar, direção

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *